Suspeitos de matar pediatra em Barra têm prisão preventiva decretada

22/11/2021 - 10:42
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Os cinco suspeitos pelo homicídio do pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, na cidade Barra, em setembro, tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça em decisão proferida na sexta-feira, 19, pela juíza Luciana Cavalcante Machado.

Os pedidos de prisão foram apresentados pelo promotor de Justiça Romeu Coelho Filho. De acordo com o Jornal Correio, os pedidos de prisão são contra o mandante do crime, Diego Santos Silva (conhecido como “Diego Cigano”), e os executores Jefferson Ferreira da Silva, Ranieri Magalhães Borges, Adeilton de Souza Borges e Fernanda Lima da Silva.

O crime foi no último dia 23 de setembro na Clínica Mãe, no momento em que o médico trabalhava. De acordo com a denúncia, Jefferson Ferreira disparou 4 tiros contra o pediatra Júlio César Teixeira. Conforme as investigações o crime foi contratado por Diego Silva após imaginar que o médico teria assediado a companheira durante uma consulta pediátrica.

Informações do A Tarde

Blog do Gusmão Neto

Última do Blog
Discurso do rebanho sobre “consciência humana” é tentativa de silenciar luta antirracista

Artigos

O imponderável mundo novo
O imponderável mundo novo
Por Roberto Amaral
Entrevistas
Por Luís Antônio de Lima Andrade
Sua saúde e bem-estar estão diretamente ligados à sua tireoide

Mais em