Setur-BA inicia em Lençóis série de capacitações no turismo de observação de aves

25/03/2024 - 14:00
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Foto: Foto: Ascom/Setur-BA

Com o objetivo de promover o incremento do turismo de observação de aves na Bahia, a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) iniciou um projeto pioneiro de capacitação do trade turístico, em seis municípios estratégicos. Os cursos começaram, nesta semana, no Memorial Afrânio Peixoto, em Lençóis, na Chapada Diamantina, com a participação de especialistas convidados e representantes de Mucugê, Andaraí, Ibicoara e Palmeiras.

O órgão também ouviu sugestões de agentes de viagens e guias de turismo, para aumentar a oferta de serviços do segmento na região. A ação foi concluída com uma atividade prática de observação de pássaros, na pousada Casa da Geleia.

“Esse segmento é uma tendência mundial, que contribui para o desenvolvimento sustentável e a conservação da fauna e da flora, nas regiões onde é praticado. Na Bahia, são cerca de 829 espécies de aves catalogadas, com potencial para atrair visitantes de todo o Brasil e do exterior”, explicou a superintendente de Serviços Turísticos da Setur-BA, Fabíola Paes Leme.

A atividade acontece em Lençóis, desde a década de 1990, por meio do Clube de Observação de Aves da Bahia (COA-BA), mas faltava qualificar a oferta da visitação aos municípios que abrigam as espécies. “Já recebemos inúmeros grupos de turistas e estudiosos, que procuram a Chapada para a contemplação da diversidade de aves que a região oferece. Mostramos esse potencial à Setur-BA e, agora, com essa capacitação, a parceria com o município está sendo concretizada, para desenvolver o segmento”, ressaltou a secretária de Turismo de Lençóis, Laura Garcia.

“É muito interessante ver uma iniciativa como essa, partindo do Governo do Estado, dando luz a esse tipo de atividade turística, que tem crescido muito entre os brasileiros. Antes, só víamos estrangeiros praticando por aqui”, relatou o guia de turismo Ciro Albano, da agência Brasil Birding Experts, um dos especialistas convidados.

Para o ornitólogo Francisco Pedro da Fonseca Neto, “a capacitação é uma semente que deverá gerar novas ideias, para o fortalecimento das comunidades e conservação das aves, gerando impacto na economia”.

Depois de Lençóis, o projeto da Setur-BA segue para Vitória da Conquista (Caminhos do Sudoeste), Itacaré (Costa do Cacau), Mata de São João (Costa dos Coqueiros), Porto Seguro (Costa do Descobrimento) e Canudos (Caminhos do Sertão), até abril. O roteiro baiano de observação de aves será lançado na Feira Avistar Brasil, a maior do segmento na América Latina, que acontece em São Paulo, de 17 a 19 de maio.

Blog do Gusmão Neto

Última do Blog
Passou no teste: Bruno Reis experimenta seu primeiro momento popular

Artigos

A importância da Câmara na construção de uma cidade melhor
ministro-696x456
Por Presidente da Câmara, vereador Carlos Muniz (PSDB)
Entrevistas
Por Luís Antônio de Lima Andrade
Sua saúde e bem-estar estão diretamente ligados à sua tireoide

Mais em